Como chegar em Belarus por terra

A República de Belarus (ainda conhecida como Bielorrússia) não é o destino mais procurado por turistas. Um dos motivos é a pequena quantidade de meios de chegar ao país.
Conheça dicas de como chegar em Belarus (Bielorrússia) por terra.

As ligações por ar ou terra são um pouco nebulosas quando procuramos dicas na Internet.

Por isso, fiz este post para tentar auxiliar quem está querendo ir para Belarus (Bielorrússia) e está meio perdido, assim como eu fiquei antes de ir.

Como chegar em Belarus (Bielorrússia)

Antes de falar sobre como chegar em Belarus (Bielorrússia), é preciso explicar um pouquinho a localização do país. Assim, você poderá escolher o melhor caminho na hora de montar o roteiro.

→ Por falar em roteiro, o Embarcando.com pode dar uma força no planejamento da sua viagem.
Clique AQUI e saiba mais.
Ou visite a seção ROTEIROS PERSONALIZADOS do site.
Se preferir, acesse diretamente o
site do parceiro Roteiro Fácil.


Onde fica Belarus

Belarus fica no leste europeu, ao sul dos países Bálticos.

Era a parte mais ocidental da União Soviética.

Faz fronteira a leste com a Rússia, a sul com a Ucrânia, ao norte com Lituânia e Letônia e a oeste com a Polônia, o único país limítrofe que não pertencia à União Soviética quando ocorreu sua dissolução.

Encravada entre a União Europeia e a Rússia, é um país um pouco complicado de chegar por qualquer meio. A complicação se dá devido à baixa oferta de transporte desde os principais centros europeus.

Por isso, os valores de passagens aéreas para voos partindo da Europa ocidental com destino a capital Minsk são bastante altos (antes da pandemia, encontrei voos mais baratos partindo de Belgrado, na Sérvia, pela companhia aérea Belavia).

Já por terra, a distância faz com que o transporte entre Europa Ocidental e Belarus seja escasso. As principais ligações terrestres do país são com seus vizinhos, com quem faz fronteira.


Como chegar em Belarus (Bielorrússia) de trem

Como chegar Belarus Bielorrússia - trem Belarus Bielorrússia. Trem Lituânia Belarus Bielorrússia. Trem Vilnius Minsk
Trem que faz a ligação entre Vilnius e Minsk

Este relato é baseado em minhas experiências, logo, as informações aqui encontradas são para um roteiro que tem a Capital Minsk como ponto de chegada em na República de Belarus.

Todos os trajetos mencionados são de trem. Há ônibus, mas, sinceramente, não vale a pena – mesmo pagando mais barato.

Te dou três motivos bem simples:
1 – as estradas podem não ser tão boas e os pontos de verificação de documentos podem ser em locais mais distantes de centros.
2 – os trens são mais rápidos, confortáveis e seguros.
3 – os pontos de verificação de documentos em uma viagem de travessia por trem geralmente são em estações em pequenas cidades e estas estações geralmente ficam em locais próximos ao Centro ou com vida por perto.
Então, qualquer probleminha que houver na travessia de fronteira pode ser resolvido na estação ou nestas tais cidades. Melhor que no meio de uma estrada.

Dependendo de qual lugar você quer visitar primeiro em Belarus, você poderá usar uma travessia diferente das apresentadas aqui.


Melhores locais para atravessar a fronteira de Belarus

Por terra, DE TREM, as melhores fronteiras para se atravessar rumo a Belarus são:

  • Polônia x Belarus – de Terespol (POL) para Brest (BLR) – nada impede que você vá de outra cidade polonesa, desde que o trem passe por Terespol.
    As fronteiras mais ao norte não são muito digamos “populares” e devem ter uma estrutura inferior;
  • Lituânia x Belarus – de Vilnius (LIT) para Minsk (capital de Belarus) – a fronteira fica a uma hora e meia de Vilnius e é bem tranquila.
    O que pode assustar são os numerosos guardas/soldados que existe neste ponto de travessia. Mas se a documentação (e a sua bagagem) estiver em ordem, não há o que temer;
  • Rússia x Belarus – de Moscou há trens diretos para Minsk e Brest, além de outras cidades.

Fiz as duas primeiras travessias recentemente, em 2019. Já a travessia Rússia x Belarus pode ser um pouco complicada, dado o momento político da região. Quando estive por lá, me recomendaram não atravessar de Belarus para a Rússia. Não fui a fundo nos motivos, mesmo porque meu roteiro não incluía a Rússia.


Travessia tranquila, mas informações erradas

Voltando à minha travessia (Lituânia x Belarus), foi tudo tranquilo, diferente de alguns relatos encontrados na Internet sobre a travessia de fronteira de Belarus.

Na verdade, não é só na Internet que estão as informações um tanto erradas com relação a este tema. No hostel onde me hospedei em Vilnius (Lituânia), cidade onde estava antes de cruzar a fronteira para Belarus, recebi a informação de que deveria possuir um visto especial para aquela travessia e que era muito perigosa.

Ora, uma pessoa da região me dando uma informação sobre a região por mim desconhecida… Eu acreditei. Estendi minha estadia na capital lituana (não que seja um esforço) para averiguar melhor a informação.

Fui à Embaixada de Belarus em Vilnius, porém não pude entrar no prédio. Fui atendido (e acho que não entendido) por interfone, sob a firme vigia dos soldados “bielorrussos” que me miravam sem parar enquanto eu estava em frente ao portão com cara de perdido.

Fazendo contato com a Embaixada para poder atravessar

Como não tive sucesso, pesquisei onde ficava a representação brasileira em Vilnius e lá fui eu. Tempo perdido. Era uma sexta-feira e o atendimento ocorria apenas em dois outros dias da semana.

A minha intenção neste momento era saber se realmente as informações do cidadão que trabalhava no hostel eram verdadeiras ou se eu poderia atravessar a fronteira “de boa”.

Não deu tempo. O corre-corre e a insegurança de entrar “numa fria” me paralisaram naquele momento, pois não me sentia confortável para atravessar sozinho uma das fronteiras ditas como mais tensas da Europa.

Com a passagem já perdida (não consegui trocar e era para o dia que passei a mais na Lituânia), fiquei percorrendo o delicioso centro histórico de Vilnius e tive uma ideia: ligar para a Embaixada de Belarus em Brasília.

Via Skype, conversei com o representante belarusso no Brasil que me tranquilizou e deu todas as informações necessárias para uma travessia de fronteira tranquila.

Então, cuidado com as informações que parecerem duvidosas. Busque sempre duas ou mais fontes para não ter perda de tempo e de dinheiro em sua viagem.


Como chegar em Belarus (Bielorrússia) de ônibus

Para atravessar a fronteira de Belarus de ônibus você levará um pouco mais de tempo e terá menos conforto. Porém, pode ser uma travessia mais barata e uma aventura e tanto.

Ônibus da Lituânia para Belarus

Da estação de ônibus de Vilnius, na Lituânia, onde eu estava, partem microônibus rumo a Minsk, capital belarussa.

Ônibus da Polônia para Belarus

Já da Polônia para Belarus, podemos usar também Terespol (POL) e Brest (BEL) para fazer uma travessia de fronteira bem mais barata que de trem. O inconveniente, neste caso, é o tempo: de trem são 30 minutos. De ônibus cerca de 02h40.
A empresa que faz o trajeto é a Brest Transport e mais informações podem ser obtidas no site http://ticketbus.by/ .

Ônibus da Ucrânia para Belarus

Se você estiver na Ucrânia e pretende visitar a República de Belarus, o melhor trecho de fronteira para atravessar é o próximo à cidade de Gomel (Belarus).

Este trajeto pode ser feito de ônibus ou trem através do norte da Ucrânia. Gomel fica a 265km de Kiev, capital ucraniana.

Já pelo lado oeste da Ucrânia, o caminho é mais longo, por exemplo se você estiver na região de Lviv (cidade com aeroporto, inclusive com vários voos low cost).

Ônibus da Letônia para Belarus

Já desde a Letônia, se você estiver na capital Riga, talvez seja interessante passar pela Lituânia para chegar a Belarus – na capital Minsk (veja a primeira opção de trem e de ônibus acima, neste mesmo post). É uma travessia bem confortável e você ainda poderá conhecer um pouquinho da linda Lituânia.

Isto porque a Letônia faz fronteira com Belarus apenas em parte do sudeste de seu território e esta região não é tão atrativa.

Porém, se você estiver nesta região, tente usar como ponto de partida a cidade de Dugavpils (LET) e escolha uma cidade do norte de Belarus para chegar. Ou vá direto para a capital Minsk.

Para os mais aventureiros e com tempo sobrando, existe a opção de desbravar o nordeste belarusso. Se este for o seu caso, duas belas opções para iniciar a viagem pelo norte e nordeste de Belarus são a charmosa Polatsk e a menos charmosa Navapolatsk.

Ou, ainda, viajando mais para o leste ou em direção a Minsk, encontramos as lindas (e futebolísticas) cidades de Vitebsk e de Borisov, terras do Vitebsk F.C. e do BATE Borisov, dois grandes times de futebol da República de Belarus.

→ Saiba o que significam os códigos dos aeroportos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.